domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dia de nostalgia

Image by Lorem Krsna



Em dias de nostalgia, tudo parece sem graça no agora. Quando você não acha contentamento nas pessoas, nem graça nem cor em nada, só nas coisas que já foram. E você pensa cá nos seus botões, como você pode estar preparada para vida, se só de olhar para trás por um tempo, breve que seja, pode te congelar no lugar. Congelar nas coisas que foram e que sente falta. Nas pessoas que se foram e não voltam mais. Nas conversas dos dias de chuva, no conforto que não existe mais, e no silêncio que só as vezes se percebe. Nostalgia lembra das coisas que você deixou no caminho enquanto tinha que crescer. Em como as cores eram bonitas, e você nem percebe como tudo ainda está desbotado desde tanto tempo. Percebe que você é só um ponto solto em meio a tantas frases, sem saber aonde se colocar sem que o texto fique todo errado, sem significado de nada. Em dias de nostalgia você não tem ideia do que está fazendo, quem as pessoas de agora são, todos se tornam estranhos. Ninguém sabe quem você é, você é apenas um observador à parte de tudo, e aqueles pedaços te fazem falta. Sempre há falta na nostalgia. Um quê de amargura por coisas que não se consegue mudar. Um certo medo do futuro, do incerto. Nostalgia te faz querer voltar por um tempo que não existe mais, para pessoas que já se foram, momentos que são doces. De um tempo que você abraçava os laços que tinha, sabendo que agora você só quer mesmo ficar sozinha, com essa falta de cores que talvez só você enxergue. Lorem Krsna

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Indagações? Palpites? Ideias? Epifanias?
Só para comentar mesmo?
Tudo bem!
A vontade!
Aberta a opiniões.
A agradeço a sua visita ao anjo sonhador.
Espero que volte sempre que quiser, serás bem-vindo.

Vasculhe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...