quinta-feira, 9 de junho de 2011

Deixar acontecer

As vezes eu fico aquí pensando, em tudo e em nada que me cerca.
Minha mente rodopia em meio a paragens distantes. Se abre, vai além e se liberta.
E eu tenho, cá comigo esta pretenção, de conseguir domar meus pensamentos. E eu me jogo na razão, afogando a emoção que explode cá dentro...
As vezes, o meu tão pouco se converte em nada. E este nada, uma nuvem em um céu azul, flutua na imensidão. Um pensamento leve, e tão distante! Um pensamento só, carregado de ilusão.
Minha sorte, não tem norte, não tem endereço. A ideia só flutua, se bifurca em algum lugar. Ela espera, sorrateira em teu berço, esperando a brecha para se libertar.
As vezes, o muito não somente me basta. E o talvez me parte em pedaços que não podem se encaixar. O teu se, junto ao meu nos aprisionam, em covardias educadas, que teimam em nos separar.
Um pensamento. Um pensamento me condena.
Um pensamento quer me dominar.
E eu só penso se vou me deixar levar.


lorem krsna

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Indagações? Palpites? Ideias? Epifanias?
Só para comentar mesmo?
Tudo bem!
A vontade!
Aberta a opiniões.
A agradeço a sua visita ao anjo sonhador.
Espero que volte sempre que quiser, serás bem-vindo.

Vasculhe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...