segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O invisível

Annie procura o corpo de Nick, ao seu lado ele a acompanha invisível
O invisível é um remake de um filme sueco chamado Den Osnlige, uma adaptação cinematográfica de um romance homónimo de Mats Wahl.
Conta a história de Nick Powell (Justin Chatwin), um jovem estudante do ensino médio com talento que sonha em  ser escritor. Ele faz trabalhos dos colegas escondido em troca de dinheiro, e tem problemas com sua mãe Diane Powell (Marcia Gay Harden). Ele ganha a oportunidade de ir a Londres realizar seus sonhos, e junta dinheiro pretendendo ir mesmo contra a vontade de sua mãe.
Conta também a história de Annie Newton (Margarita Levieva ), uma jovem problemática, vinda de uma família  tulmutuada  que mete-se em todos os tipos de confusão e com um futuro incerto. A única pessoa com quem se importa no mundo é seu irmão mais novo Victor, e odeia Nick por ver nele o futuro que não pode ter.
As vidas deles se complicam quando Annie rouba uma joalheria, e seu namorado que está em condicional a denuncia. Procurada, Annie não sabe quem a denunciou, e vai atrás de Pete Egan  (Chris Marquette), amigo de Nick. Achando que o amigo havia ido para Londres e tentando se livrar de problemas Pete diz a Annie que foi Nick quem a denunciou, o que ele não sabia é que o rapaz havia desistido da viagem, e eles acabam se encontrando. Após uma perseguição, Annie e os amigos o espancam e ele desmaia, achando que o mataram eles se apavoram e escondem o corpo na floresta dentro de um bueiro e vão embora.
Nick acorda na manhã seguinte no meio da estrada e sem lembrar-se ao certo o que aconteceu vai a escola como se nada houvesse ocorrido. Ao chegar lá ele tem uma surpresa desagradável ao perceber que ninguém pode vê-lo. Ele está totalmente invisível. Desesperado ele se dá conta do ocorreu e  acha que esta morto. Enquanto isso, todos na cidade estão a sua procura. Nick resolve então tentar vingar-se atormentando Annie e nota então que ela é a única que pode ouvi-lo.
Ao chegar em casa, devido há uma cena com um pássaro que agoniza Nick descobre que não está morto, mas sim agonizando na floresta e que se não o encontrarem dentro de alguns dias ele enfim perecerá devido aos machucados. Ele passa então em uma corrida desesperada para convencer Annie a informar a policia o que ocorreu e a localização de seu corpo antes que seja tarde demais. E enquanto eles tem essa convivência forçada com a garota sendo procurada, Nick começa a enxergar Annie de outra maneira e a se importar de verdade com ela. Os dois criam um laço único. Resolvida a ajuda-lo depois de um tempo ela vai ao bueiro onde o jogaram e descobre que o corpo sumira. Seu namorado Marcus e Pete e mais dois de seus amigos o haviam retirado. Ela parte então em busca do corpo e nesse meio tempo descobre que Nick não havia a denunciado o que faz com que se sinta pior ainda por tudo o que ocorrera.
Pete, com remorso pelo o que fizera ao amigo toma uma atitude extrema e se envenena no dia da formatura, enquanto a agoniza ele vê Nick que lhe pergunta pelo corpo. Ele pede perdão e lhe dá a informação. Os pais deles o socorrem e Nick parte para o local, descobrindo seu corpo jogado em uma represa que logo transbordará e sumirá com ele para sempre. Annie vai atrás de seu namorado para saber onde ele escondera o corpo de Nick, os dois discutem e ela descobre o real denunciador. Os dois trocam tiros e Marcus morre. Ferida, Annie avisa a polícia sobre onde está o corpo e eles o salvam no momento em que a água o toma. Agora Nick está em coma, morrendo e ele avisa a  Annie que  é a única capaz de salva-lo. Annie vai ao hospital, enquanto foge,  encontra lá a mãe de Nick que a chama de assassina e ameaça chamar a policia. Annie então diz que pode falar com o filho dela, e Nick a auxilia dizendo coisas a mãe que somente ele poderia saber e pedindo perdão pelas brigas. Convencida e emocionada ela permite que a garota entre no quarto onde Nick está perecendo. Ela deita-se ao seu lado e pede perdão por tudo.O abraça e Nick acorda e sorri. Annie então, ferida pelo tiro de Marcus também sorri e perece.
O filme finda com o irmão de Annie, Victor brincando com um avião perto de um penhasco. E então alguém chega. É Nick, que se responsabiliza em cuidar do irmão da garota como ela cuidava. ele diz que os dois eram amigos e eles resolvem mandar um recado para ela. Os dois escrevem 'olá Annie!' no avião e o soltam no ar para que ela o veja onde estiver.
O invísivel é um filme que realmente gostei. A reviravolta no comportamento de Annie nos faz pensar sobre os julgamentos que fazemos sobre as pessoas sem nem ao menos conhecê-las de verdade. Os dois cometeram esse erro, e quando finalmente descobriram um ao outro perceberam que poderiam sim ser amigos, mas já era tarde. Eles perderam tanto tempo tentando se odiar que deixaram as chances passarem.
A vida é curta demais, e cheia de surpresas. Não devemos deixar-nos desperdiçar as melhores coisas que ela nos oferece. As pessoas passam em nossas vidas , e depende apenas de nós resolver que marca deixaremos nas vidas delas.
Só quando esteve 'invisível' Nick pode enxergar as pessoas de verdade, por trás de suas mascáras e pretextos. E pôde se enxergar.
Esse eu recomendo!
Observações: o filme foi  filmado aos arredores de Vancouver no Canadá, e nos cinemas em 27 de Abril de 2007 e em DVD em Outubro do mesmo ano.

4 comentários:

  1. Adorei o filme quer dizer a sinopse,vou ver se consigo assistir, no começo deu um pouco de medo mas ai eu entendi bem a mensagem,pessoas para mim até mesmo as mais obscuras são pessoas que tem algo de valor em uma embalagem que a olhos nus não vemos nada,mas elas tem uma historia e é bem estranho como todas amam e, conhecendo ou não,
    pessoas que por nós passam ,já se tornam inesquecíveis por minutos que as tivemos -temos,e quando se vão ,sempre ficam os sorriso que caem pelo chão e quando vistos nos fazem ver que as pessoas afinal são humanos ou seja " todos tem os defeitos suficientes para se tornarem humanos" ;)

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você Jamilles, e de certo modo, conhecer as pessoas é uma maneira de conhecer-mos a nós mesmos.

    ResponderExcluir
  3. O Invisível é um filme que toca.
    Essa resenha descreve muito bem o que filme nos passa.

    ResponderExcluir

Dúvidas? Indagações? Palpites? Ideias? Epifanias?
Só para comentar mesmo?
Tudo bem!
A vontade!
Aberta a opiniões.
A agradeço a sua visita ao anjo sonhador.
Espero que volte sempre que quiser, serás bem-vindo.

Vasculhe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...