domingo, 3 de julho de 2011

Como não amar Shakespeare


"O próprio sol não vê até que o céu clarei." William Shakespeare

Era a primeira vez que havia lido Shakespeare, e ainda assim, era apenas a passagem de um soneto que passou a representar muito para a minha vida desde então.
"O próprio sol não vê até que o céu clarei", quando estamos presos a emoções que nos modificam, como o ódio e o amor, a razão é turvada e não podemos ver nada além do objeto de nosso sentimento e o que ele faz a nós.
Muitos anos se passaram desde a primeira vez que li este trecho, mas ele abriu minha mente para um mundo novo. Para o mundo de Shakespeare. Um mundo de tragédias e comédias. E vieram sonetos, e vieram peças... Sonho de uma noite de verão, Romeu e Julieta, Hamlet (Meu favorito!), o mercador de Veneza, a megera domada e muito mais. Peças que ainda hoje representam muito para mim, por Shakespeare tratou de personalidades que ainda encontramos por aí, nos caminhos da vida, nas esquinas...
Ele tratou de assuntos com um humor trágico, por vezes até sarcástico e um talento que o faz um mestre sem fronteiras. Como não amar Shakespeare?
O humor, a paixão incontrolável, sarcásmo, amor, tragédia... tudo o que acaba por definir a vida humana, este ser tão propenso a emoções, vulnerável a sentimentos e a erros. A dúvidas... ser ou não ser.
Como não amar Shakespeare, se ele nos joga na cara justo aquilo que nos defini?
Shakespeare, sem dúvida. é um dos maiores autores que souberam tão bem passar para personagens o ser humano, da mais triunfal qualidade ao mais desprezível defeito. Este ser tão volátil, inconstante em seu âmago e ainda assim tão surpreendentemente fascinante!

Por Lorem Krsna

"Estas alegrias violentas têm fins violentos
Falecendo no triunfo, como fogo e pólvora
Que num beijo se consomem"

Romeu e Julieta, ATO II, Cena VI

Um comentário:

  1. Conheço essa passagem e adoro, mas não consegui encontrar o soneto... Você tem? Pode me passar?

    Grata!

    ResponderExcluir

Dúvidas? Indagações? Palpites? Ideias? Epifanias?
Só para comentar mesmo?
Tudo bem!
A vontade!
Aberta a opiniões.
A agradeço a sua visita ao anjo sonhador.
Espero que volte sempre que quiser, serás bem-vindo.

Vasculhe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...