quinta-feira, 28 de abril de 2011

Molhar os pés no mar

Eu acreditava em tantas coisas em que hoje não mais creio, e gostava de pessoas que hoje me são indiferentes...  Eu amei, odiei... e mudei.
Molhei meus pés no mar, lí livros, e escrevi histórias. Cantei canções, desafinei e sangrei. E tantas vezes ri e chorei! Nem mais sei, mas ainda tenho muito o que fazer, e buscar a melhora. "Ser maior do quê as montanhas que impedem de seguir a viagem".
Parece por vezes que tenho tudo... mais sempre falta algo. Eu fiz tudo, mas ainda quero fazer mais. O que quero provar? A quem quero provar? A mim? Quero provar a mim mesma que posso ser melhor, não poesia findada, mas contínua.
Quero ser tão forte o quanto eu posso ser, mesmo que por vezes pareça que tento segurar o peso do mundo, só tento aguentar o peso de minha própria alma, minhas dúvidas e decepções.
Não quero controlar o mundo, mas só o meu mundo... que por vezes parece querer desabar na minha frente.
Não quero arrependimentos, nem ter que sempre suportar essa tristeza no olhar que sempre me persegue. Não quero sentir culpa sempre que sorrio, ou fugir das palavras que tanto peço. Quero chorar sem vergonha da minha dor e fraqueza. Acreditar qua a culpa não é minha, que o fardo não é só meu.
Quero molhar de novo os pés no mar, e me sentir livre para procurar o meu lugar, seja aonde for, com quem for. Ser feliz, sem medo.
Quero viver, e não somente existir.
Lorem Krsna

4 comentários:

  1. Como sempre, queria Lorem, teus textos me encantam.
    O intimismo e a tentativa de resgate de consciência e claro e encantador em teus textos.
    Muito bom.

    ResponderExcluir

Dúvidas? Indagações? Palpites? Ideias? Epifanias?
Só para comentar mesmo?
Tudo bem!
A vontade!
Aberta a opiniões.
A agradeço a sua visita ao anjo sonhador.
Espero que volte sempre que quiser, serás bem-vindo.

Vasculhe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...