segunda-feira, 4 de abril de 2011

Lá do fundo, de onde não posso te ver.

Ei, vem cá.
Me abraça e diz que tudo vai ficar bem. Hoje traio todos os meus preceitos. Somem-se todos os meus conceitos. Só não quero mesmo ficar tão só.
Vem, e me empresta teu ombro só um pouquinho! Estou precisando tanto do teu carinho... Ser frágil só uma vez. Deixar minhas lágrimas secarem no teu peito... deixar essa dor tão trancada sair de mim.
Deus! Não sei o que pensar! Nem tão pouco como agir... Só você, neste momento, cala meus pensamentos... Destrói essa desordem e põe paz no meu mundo... no meu medo.
Não quero olhar para trás...
Não quero olhar para frente, e o presente está doendo demais. Então me deixe olhar para você!
Vem. Vem aquí. Me põe no colo e me abraça. senão eu vou sumir...
... Vou cair, e não sei se consigo mais levantar com estas mãos em carne viva. Com este peito tão quebrado, com essa angustia sem porta que me tira o sono, e me tira o ar.
Estou chorando por dentro.
Estou sangrando por dentro.
Estou gritando por dentro.
E agora só.
Eu não quero pensar em mais nada. Só me abrace. Não fala mais nada, e não me deixe ir...
 ...Pois não sei se vou conseguir voltar desse lugar tão fundo em que cai, a espera da tua mão para me levantar...


Lorem Krsna

3 comentários:

  1. Não olhar nem o presente, nem o futuro.
    O presente que golpeia a alma, e faz chorar o mais forte.
    Mas lembra-se no fundo da alma que as lágrimas que choras são as águas que enchem cântaros e que te cessarão a sede.

    ResponderExcluir
  2. O vídeo lá que eu te falei :
    http://www.youtube.com/watch?v=4lenPEiYD54

    ResponderExcluir

Dúvidas? Indagações? Palpites? Ideias? Epifanias?
Só para comentar mesmo?
Tudo bem!
A vontade!
Aberta a opiniões.
A agradeço a sua visita ao anjo sonhador.
Espero que volte sempre que quiser, serás bem-vindo.

Vasculhe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...